14 de jun de 2012

TORRADAS QUEIMADAS...


 


Recebi esse email hoje de uma amiga, um belo exemplo de relacionamento.

       
Quando eu ainda era um menino, ocasionalmente, minha mãe gostava de fazer um lanche, na hora do jantar. E eu me lembro, especialmente de uma noite, quando ela fez um lanche desses, depois de um dia de trabalho, muito duro. Naquela noite, minha mãe pôs um prato de ovos, linguiça e torradas para o meu pai, as torradas estavam um pouco queimadas. Eu me lembro de ter esperado um pouco, para ver se alguém notava o fato, mais tudo o que meu pai fez, foi pegar a sua torrada, sorrir para minha mãe e me perguntar como tinha sido o meu dia, na escola.

Eu não me lembro do que respondi, mas me lembro de ter olhado para ele lambuzando a torrada com manteiga e geleia e engolindo cada pedaço. Quando eu deixei a mesa naquela noite, ouvi minha mãe se desculpando por haver queimado a torrada, e eu nunca esquecerei o que ele disse: querida, adorei a torrada queimada.

Mais tarde, naquela noite, quando fui dar um beijo de boa noite em meu pai, eu lhe perguntei se ele tinha realmente gostado da torrada queimada. Ele me abraçou e disse: filho, sua mãe teve um dia de trabalho muito duro e estava realmente cansada... Além disso, uma torrada queimada não faz mal a ninguém. A vida é cheia de imperfeições e as pessoas não são perfeitas. E eu também não sou o melhor marido, empregado, ou cozinheiro, talvez nem o melhor pai, mesmo que tente todos os dias!


O que tenho aprendido através dos anos, é que saber aceitar as falhas alheias, escolhendo relevar as diferenças, é uma das chaves mais importantes para criar relacionamentos saudáveis e duradouros. Desde que eu e sua mãe nos unimos, aprendemos a suprir um as falhas do outro. Eu sei cozinhar muito pouco, mas aprendi a deixar uma panela de alumínio brilhando, ela não sabe usar a furadeira, mas após minhas reformas, ela faz tudo ficar limpo e cheiroso. Eu não sei fazer uma lasanha como ela, mas ela não sabe assar uma carne como eu. Eu nunca soube fazer você dormir, mas comigo você tomava banho rápido, sem reclamar.


A soma de nós dois monta o mundo que você recebeu e que te apoia, eu e ela nos completamos. Nossa família deve aproveitar este nosso universo enquanto temos os dois presentes. Não que mais tarde, o dia que um partir, este mundo vá desmoronar, não vai. Novamente teremos que aprender e nos adaptar para fazer o melhor.
De fato, poderíamos estender esta lição para qualquer tipo de relacionamento: entre marido e mulher, pais e filhos, irmãos, colegas e amigos.

Então filho, se esforce para ser sempre tolerante, principalmente com quem dedica o precioso tempo da vida, a você e ao próximo.



"As pessoas sempre se esquecerão do que você lhes fez, ou do que lhes disse. Mas nunca esquecerão o modo pelo qual você as fez se sentir.”

Fonte desconhecida.



8 de jun de 2012

IGREJA CHEIA X PESSOAS VAZIAS





As vezes me pergunto por que tanta gente muda de Igreja com tanta facilidade. Alguns passam a vida toda, a procura da Igreja “Perfeita” algo que com certeza nunca encontraram, pois não há esse tipo de Igreja já que a igreja é feita de pessoas imperfeitas como eu e você. Lembro-me de uma frase que ouvi em um filme: "Não há Igreja perfeita mais sim um Deus perfeito."
Afinal o que será que tais pessoas que não conseguem parar em igreja nenhuma estão procurando? Será que elas procuram Deus e uma transformação de vida ou estão apenas buscando uma satisfação pessoal? Ou será apenas por que gostam daquele pastor que prega bem e suas palavras massageiam seu ego. Também pode ser aquela chave dourada que alguém "profetizou" e até agora não chegou. Muita gente ainda vai à igreja em busca de muitas coisas e pessoas e quando isso acontece quase sempre se decepcionam. Algumas pessoas levam tão a sério esse negocio de buscar as coisas, que pra elas nem importa em qual igreja elas vão, o que importa é o que a Igreja tem a oferecer no momento.

A principal consequência disso são pessoas vazias que pulam de galho em galho, não conseguem criar relacionamentos, pessoas sem comunhão com Deus e com o Corpo de Cristo. Por outro lado isso gera Igrejas tendenciosas que focam suas atividades unicamente em atrair pessoas com temas cada vez mais atrativos como: "culto da prosperidade", "noite da virada financeira", "terapia do amor" etc... mais qual é a motivação desses temas? É realmente para tratar áreas especificas ou simplesmente para atrair pessoas e preencher as cadeiras vazias?  
Às vezes fico imaginando o Espírito Santo em um culto querendo curar ou libertar uma pessoa do pecado enquanto a igreja toda ora por suas contas bancarias. Cada vez mais as pessoas são ensinadas a serem "crentes consumidores", vão aos cultos somente para receber, receber e receber. Poucos ainda vão com a intenção de oferecer, um culto racional a Deus, uma adoração em Espírito e em verdade, o que vemos hoje é: os milagres acima do relacionamento com Deus, as curas acima do Nome, os dons acima do próprio Espírito Santo, a satisfação pessoal acima do viver em comunhão no corpo de Cristo. Muita gente buscando viver a glória, mais poucos querem negar a si mesmo, suas vontades e satisfações, tomar a sua cruz e seguir Jesus.

É triste ver igrejas cheias de pessoas que não se interessam em conhecer Deus e sua Palavra, é triste ver tantos sendo ensinados a ter uma vida egoísta e centralizada no seu próprio "eu", pessoas ensinadas a correr atrás das bênçãos e a ouvir e somente o que lhes agrada.
Não é esse o evangelho que Jesus nos deixou, Ele nos ensinou a servir (João 13:14) a perseguir o seu reino e a sua justiça e não as coisas (Mateus 6:33), a amar a Deus acima de tudo e a amar o próximo como a si mesmo (Marcos 12:33), a negar a si mesmo (Lucas 9:23).


Apesar de tudo, ainda creio em um avivamento para nossas igrejas no Brasil, um avivamento que nos leve de volta a simplicidade do verdadeiro evangelho, um avivamento que livre as nossas igrejas do egoísmo e da busca constante por dinheiro, fama e poder, um avivamento que nos leve de volta ao primeiro amor.


Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor. Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; quando não, brevemente a ti virei, e tirarei do seu lugar o teu castiçal, se não te arrependeres. (Apocalipse 2:4-5)

Hélio A. Souza - blogjcv